• SIC – Serviço de Informação ao Cidadão
  • Corregedoria visita Varas Federais em Mossoró e Assu
    Última atualização: 31/05/2022 às 15:29:00



    Em continuidade aos trabalhos de correição presencial na Seção Judiciária no Rio Grande do Norte (SJRN), o corregedor-regional da Justiça Federal da 5ª Região, desembargador federal Élio Siqueira Filho, esteve, na quarta (25) e quinta-feira (26), na cidade de Mossoró.  

    Antes de iniciar a análise das atividades nas Varas da Subseção Judiciária, o magistrado acompanhou a inspeção mensal na Penitenciária Federal de Mossoró, realizada pelo juiz-corregedor Walter Nunes e pelo vice-corregedor Orlan Donato Rocha. Na ocasião, Siqueira salientou a importância desse acompanhamento inédito, para melhor conhecimento tanto dos trabalhos desenvolvidos na unidade quanto da realidade vivenciada pelos presos.  

    Subseção de Mossoró 

    Após a visita à penitenciária, o corregedor e a sua equipe deram seguimento aos trabalhos de correição junto às Varas da Subseção, onde foram recebidos pelos juízes federais Orlan Donato, Lauro Henrique Lobo Bandeira e André Vieira de Lima. Mais uma vez, o corregedor reforçou a importância dos trabalhos presenciais. "A atividade presencial de correição tem papel importante de estreitar o diálogo com as servidoras e os servidores, as juízas e os juízes, posto que o papel do corregedor é o de ‘reger junto’ com quem trabalha e se dedica às atividades desenvolvidas pelo Judiciário”, salientou Siqueira.   

    Ainda durante a visita à Subseção Judiciária, o corregedor esteve na sede da Procuradoria da República em Mossoró, onde se reuniu com os procuradores Emanuel de Melo Ferreira, Victor Albuquerque de Queiroga e Aécio Mares.  A programação contou, ainda, com visita à Subseccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), onde conversou com o presidente Hermeson de Souza Pinheiro, e à sede da Prefeitura Municipal, onde foi recebido pelo prefeito Allyson Leandro Bezerra. 

    Finalizando as atividades do dia 26, a equipe da Corregedoria conheceu de perto os trabalhos desenvolvidos pela Associação de Assistência e Proteção à Maternidade e à Infância de Mossoró (APAMIM), entidade que desde 2014 passou a administrar o Hospital Maternidade Almeida Castro, após determinação de intervenção judicial, pelo magistrado da 8ª Vara Federal em Mossoró.  

    Assu 

    A correição no interior do Rio Grande do Norte terminou na sexta-feira (27), com visita à 11ª Vara Federal em Assu. No local, Siqueira foi recebido pelos magistrados Arnaldo Pereira de Andrade Segundo e Rodrigo Arruda Carriço, bem como pela equipe de servidores. Na ocasião, o magistrado apresentou as atribuições da Corregedoria, bem como ouviu as demandas, sempre com o objetivo de aprimorar a estrutura e a atuação da Justiça Federal. 


    Por: Divisão de Comunicação Social do TRF5





    Mapa do site