Portal TRF5 - Imprensa
  • SIC – Serviço de Informação ao Cidadão
  • Juízo 100% Digital: TRF da 5ª Região é o primeiro a aderir ao projeto
    Última atualização: 30/11/2020 às 19:01:00



    O Tribunal Regional Federal da 5ª Região – TRF5 foi o primeiro entre Tribunais Regionais Federais a aderir ao projeto “Juízo 100% Digital”, criado através da Resolução nº 345/2020, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). O lançamento do projeto aconteceu na tarde de hoje (30), nas modalidades presencial e telepresencial, no edifício-sede do TRF5 e via plataforma Zoom. Estiveram presentes representantes do CNJ, os desembargadores federais Edilson Nobre, Élio Siqueira e Leonardo Carvalho, a juíza federal auxiliar da Presidência do TRF5, Joana Carolina Lins Pereira, o diretor de Foro da Seção Judiciária da Paraíba, juiz federal Bruno Teixeira, e a presidente da Associação dos Juízes Federais da 5ª Região (Rejufe), juíza federal Madja Moura, além de juízes federais, procuradores e integrantes da advocacia. Os diretores de Foro das demais Seções Judiciárias  que compõem a  5ª Região (Alagoas, Ceará, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe) acompanharam a solenidade de forma remota.

    Representando o TRF5, o desembargador federal Edilson Nobre abriu a cerimônia, destacando que o cenário de pandemia da Covid-19 serviu para estimular o desenvolvimento de ferramentas tecnológicas e que a Corte está sempre aberta às novas iniciativas. “O Juízo 100% Digital surge em momento adequado. O Judiciário tem que aproveitar as inovações e incorporar no seu cotidiano o que de magnífico a tecnologia proporciona. Não é à toa que o Pleno deste Tribunal já aprovou o projeto. A Justiça Federal da 5ª Região será 100% digital.

    O secretário-geral do CNJ, juiz Valter Shuenquener de Araújo, parabenizou o TRF5 pela adesão ao modelo. “A adoção do projeto demonstra o pioneirismo da Justiça Federal da 5ª Região, que saiu na frente, e isso representa um marco histórico. Fico muito feliz pela forma como o tema foi conduzido internamente, com a aprovação da Resolução n° 13 deste Tribunal”, destacou. Além do secretário-geral, também representaram o CNJ o secretário especial de Programas, Pesquisa e Gestão Estratégica, juiz Marcus Lívio Gomes, o juiz auxiliar da Presidência, Alexandre Libonati, o coordenador do Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e auxiliar da Presidência, juiz Luís Geraldo Santana Lanfredi, e o juiz auxiliar da Secretaria Especial da Presidência, Dorotheo Barbosa Neto.

    O desembargador federal Leonardo Carvalho ficou responsável por apresentar algumas inovações tecnológicas já desenvolvidas pelo TRF5, a exemplo das ferramentas Gestão na Ponta dos Dedos e Portal do Gabinete. A primeira possibilita ao magistrado a visualização do acervo de demandas, com o acompanhamento dos processos que estão em trâmite no Tribunal. Já o Portal do Gabinete é um ambiente digital do fluxo de dados da unidade, com informações sobre o volume de agendamentos feitos pelos advogados.

    Durante a visita ao TRF5, a equipe do CNJ também conheceu o Memorial e a Presidência da Corte, onde foram recebidos pelos desembargadores federais presentes ao evento e pela juíza federal Joana Carolina Lins Pereira.

    O projeto - O “Juízo 100% Digital” prevê que todos os atos processuais, inclusive audiências e sessões de julgamento, serão realizados sem necessidade de comparecimento presencial das partes ou dos advogados e procuradores. A escolha em aderir à modalidade, no entanto, é facultativa e será exercida pela parte demandante no momento da distribuição da ação, podendo a parte demandada se opor a essa opção até o momento da contestação. A iniciativa considera, entre outros pontos, a constante necessidade de modernização do Poder Judiciário e de incorporar novas tecnologias na prestação de seus serviços.  No último dia 18/11, o Pleno do TRF5 aprovou a Resolução nº 13, que determina a adesão da Corte ao modela criado pelo CNJ. De acordo com a norma, as Varas Federais terão até o próximo dia 4 para efetuar a adesão.

     

    Todos os protocolos de bissegurança para evitar a disseminação da Covid-19 foram cumpridos na solenidade presencial.

     


    Por: Divisão de Comunicação Social do TRF5 - comunicacaosocial@trf5.jus.br





    Mapa do site