Portal TRF5 - Imprensa
  • SIC – Serviço de Informação ao Cidadão
  • Corregedoria do CNJ encerra inspeção no TRF5
    Última atualização: 22/08/2019 às 15:09:00


    Durante quatro dias, mais de dez unidades do Tribunal foram inspecionadas

    Os trabalhos de inspeção ordinária realizados pela Corregedoria do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) no Tribunal Regional Federal da 5ª Região – TRF5 foram finalizados na manhã de hoje (22). A solenidade de encerramento contou com a presença do corregedor nacional, ministro Humberto Martins, do juiz auxiliar coordenador da Corregedoria Nacional de Justiça, Márcio Luiz Coelho de Freitas, dos desembargadores federais e de servidores da Corte.

    Em seu discurso, o ministro ressaltou a presteza de magistrados e servidores do TRF5 durante os quatro dias de inspeções. “Quero destacar que os desembargadores, juízes e servidores desta Casa foram extremamente prestativos, se esforçaram para apresentar com exatidão todas as informações, documentos e esclarecimentos solicitados pela equipe de trabalho da Corregedoria. Essa postura, além de ser uma demonstração do caráter acolhedor dos nordestinos, também deixa claro o compromisso do Tribunal em marchar cada vez mais firme em direção a uma prestação jurisdicional para construir um Judiciário forte, respeitado e acreditado”, afirmou.

    Martins também destacou a importância da realização dos trabalhos da Corregedoria.“Acredito que a realização das inspeções nos Tribunais, como algo rotineiro, previsto e esperado, possibilita não só a obtenção de dados relativos aos diversos órgãos do Poder Judiciário, mas, principalmente, a difusão de boas práticas e de melhorias na prestação dos serviços, aproximando cada vez mais o judiciário da excelência que a sociedade espera”.

    Durante quatro dias, equipes da Corregedoria Nacional do CNJ verificaram o funcionamento dos setores administrativos e judiciais do TRF5. Mais de 10 unidades foram inspecionadas, entre elas, a Presidência, a Vice-Presidência, gabinetes e a Secretaria Administrativa da Corte. Também dentro dos trabalhos de inspeção, o CNJ reservou um dia para atendimento ao público, para receber reclamações, dúvidas e sugestões sobre processos judiciais e/ou administrativos do Tribunal.

    O resultado da inspeção integrará um relatório, no qual serão apresentadas as deficiências e as boas práticas encontradas no TRF5, além de recomendações às unidades para melhorar a prestação jurisdicional.

    Visitas – Antes da cerimônia de encerramento, o ministro Humberto Martins participou da mesa de abertura do I Congresso Jurídico, promovido pelo Instituto dos Advogados de Pernambuco (IAP) e realizado no edifício-sede do TRF5. Depois, Martins visitou o Memorial do TRF5 e a Presidência da Corte.


    Por: Divisão de Comunicação Social do TRF5 - comunicacaosocial@trf5.jus.br





    Mapa do site